• Trabajamos por el territorio

A primeira cooperativa europeia de fornecimento elétrico, criada pela iniciativa do AECT Duero-Douro, oferece os seus serviços desde o passado mês de junho a preço de custo, o que supõe uma poupança entre 15% a 30% nas faturas.

Barcelona interessou-se pelo modelo e estuda a possibilidade de adaptá-lo à cidade metropolitana.

Zamora; 18 de Outubro de 2018.- Efi-Duero Energy, a cooperativa europeia de consumo elétrico apresentou na passada quinta-feira, as novidades perante os novos interessados e presidentes dos municípios que já integram o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial, entidade gestora da iniciativa numa apresentação oficial realizada no Centro Cultural Palácio de la Alhóndiga de Zamora, com José Luís Pascual Criado, Presidente da Cooperativa; Bernardo Casado, Presidente do AECT Duero-Douro e José Morais, Engenheiro Eletrotécnico, em representação do Município de Torre de Moncorvo como oradores.

A comercializadora, que oferece os seus serviços de forma satisfatória desde o passado mês de Junho de 2018, é constituída por 25 entidades públicas e já faz a gestão de mais 300 contratos, promovendo uma poupança de até 30% nas faturas elétricas dos seus utilizadores, o que a posiciona como sendo a mais barata de Espanha, de acordo com o seu Presidente, José Luis Pascual Criado.

Almaraz, Camarzana de Tera, Castroverde de Campos, Ferreruela de Tábara, Fresno de la Ribera, Manzanal de Arriba, Melgar de Tera, Molacillos, Montamarta, Moral de Sayago, Morales de Rey, Pino del Oro, Robleda, San Pedro de la Nave-Almendra, Santa Croya de Tera, Villalcampo, Villardeciervos, Villaseco del Pan e Viñas constituem a cooperativa pela parte zamorana; Boada, El Manzano, Martín de Yeltas, Pereña e Robleda no que respeita à província de Salamanca, e Torre de Moncorvo por Portugal.

Efi-Duero oferece fornecimento elétrico a preço de custo uma vez que é uma empresa constituída na forma de cooperativa e não pode obter benefício algum, sublinhou Pascual. É essa falta de margem comercial que torna pioneira esta comercializadora e no top do custo de energia elétrica mais barato, comparativamente a outras companhias.

Segundo Pascual, o Mercado Elétrico está controlado pelas grandes comercializadoras que especulam com os preços de um serviço essencial, como é a luz, como se de um bem de luxo se tratasse. Efi-Duero está abrindo um caminho num mercado até agora controlado por cinco grandes elétricas, e Barcelona fez eco disso mesmo, interessando-se pelo projeto e estudando a possibilidade de adaptá-lo na cidade metropolitana despois de conhecer a iniciativa num congresso.

Trabalhamos pela realização de um novo modelo energético que ponha fim ao oligopólio elétrico dominante neste país, afirmava Pascual. Além disso, um dos motivos da criação da cooperativa foi o desejo de oferecer às populações e municípios um serviço essencial a preço de custo, podendo estes destinar a poupança gerada ao contratar com a companhia, a outros serviços para as suas gentes.

Efi-Duero é uma comercializadora pioneira que exerce como Agente no Mercado Elétrico, comprando eletricidade da mesma forma que o resto das comercializadoras, mas anulando a margem comercial, o que promove uma significativa poupança para os seus utilizadores. Podem contratar com a Efi-Duero Energy SCEL todas as empresas e particulares cujo fornecimento elétrico (contador) se encontre no Território Duero-Douro, ou fora do território, mas cujo proprietário esteja ali registado. A alta de sócio tem um custo de 50€ que se distribui em: 5€ de quota de inscrição, 25€ para gastos de gestão, e 20€ correspondentes ao capital social.

Actualmente, a Efi-Duero está orientada para Portugal, onde a comercializadora ainda não esta a laborar devido ao fato de, para poder comercializar energia elétrica em portugal ser necessário efectuar um contrato de uso de Redes de Transporte e Distribuição com as empresas, REN e a EDP Distribuição respectivamente, que exigem uma caução com o valor mínimo de 100 mil €. A cooperativa apela a todos os interessados portugueses a tornarem-se parte desta iniciativa do mesmo modo que os seus vizinhos para o bem comum em benefício de todos.

www.efiduero.com